Olá viajantes, desculpem a pequena ausência do blog, mas é que os projetos estão bombando e isto é ótimo! Prometo não ficar tanto tempo longe. 😉

Hoje o que eu trago para refletirmos é sobre as furadas que podemos evitar em uma viagem, eu sei que depois do trágico acontecimento, elas podem render boas histórias. Mas gente, na maioria das vezes preferíamos não ter vivido aquilo né? Afinal não vale a pena arriscar nossas férias ou frustar as expectativas, certo?

 

Vamos lá, segue as 10 furadas que você pode evitar em viagens:

1. Não considerar o clima ao programar a viagem

01- Clima 2

Este para mim é um dos principais erros que o viajante pode cometer, a falta de conhecimento do clima local pode alterar dramaticamente todo o planejamento da viagem, e não estou falando só de passar frio ou calor, estou falando também daquele passeio que tanto você quer fazer, mas que nesta época não é ofertado devido ao clima, estou falando de visitar uma linda ilha do Caribe na época de chuvas, tentar fazer um mochilão na Europa em pleno rigor do inverno ou visitar o Machu Picchu no verão, o que é desaconselhado devido as fortes chuvas, que costumam causar inundações, desabamentos e fechamento de estradas. Ou seja, grande chance de você voltar frustrado.

 

2. Não pesquisar sobre o costume local ou horário de funcionamento

business-hours-1

Semelhante a furada anterior, não pesquisar o costume e o funcionamento dos locais é outro vacilo grande.  Tem épocas do ano que algumas cidades não estão funcionamento plenamente, tenta ir a Nasssau em setembro, metade da cidade está fechada e em obras, ou visite Buenos Aires no feriado você vai notar que a maior parte dos estabelecimentos estão fechados… a lista de situações que podem acontecer é longa, então fique de olhos nos feriados locais, no horário de funcionamento das atrações,  se há oferta do passeio que você está planejando, principalmente passeios naturais como mergulhos, treekings, escalada, pesca. Fica a dica. 😉

 

3. Não levar aquele remédio de dor de cabeça

porta-remedios-porta-medicamentos

Eu sempre carrego comigo remédio para dor de cabeça e um antigripal, nas viagens eu complemento o meu Kit com mais alguns remedinhos para enjoo, azia e relaxante muscular. Exagerada?! É talvez, hehe, mas eu me conheço e sei que sou uma pessoa que não consegue aproveitar todo o lugar se estiver com a cabeça martelando de dor ou se estiver nauseada, então considero um grande desperdício estragar horas ou talvez dias das minhas viagens por estas coisas que seriam fáceis de resolver. Além disto, as vezes é complicado conseguir medicação fora do país ou em lugares ermos. Melhor prevenir né? Se não precisar usar melhor ainda. =)

4. Não ter dinheiro trocado

Eu sei o quanto é chato ter que ficar andando com dinheiro trocado, ainda mais em viagens, eu sou uma adepta 100% do cartão, mas infelizmente ainda é extremamente necessário ter dinheiro, mesmo aqui no Brasil no dia a dia, sempre tem aquele taxi ou lanchonete que não aceita cartão e tal, mas voltando a viagens, esta necessidade fica ainda mais gritante, tem estabelecimentos que simplesmente não aceitam cartão, principalmente em praias ou no interior, tem sempre aquela feirinha na cidade ou aquele doce típico á venda na rua que não irá aceitar, sem falar em metro, ônibus ou taxis. Um casal de amigos foi expulso de um ônibus em Buenos Aires por não ter dinheiro trocado, é o costume do lugar, lembre-se quem tem se adaptar ao lugar é você. 😉

Além disto, com dinheiro vivo é sempre mais fácil negociar aquele desconto!

5. Cópias coloridas do Passaporte

Documentação é sempre um assunto delicado para o viajante, a minha dica é tire cópias coloridas do Passaporte e ande com a cópia junto a um documento de identidade válido como por exemplo CNH, enquanto o passaporte original esta bem guardado no cofre do hotel, livre da possibilidade de roubo ou perda. Mas eu sei que nem sempre isto é possível, então a segunda dica é tire copias dos documentos do mesmo jeito, deixe eles na bolsa a fácil acesso, para usar quando necessário e mantenha os originais em uma doleira. Outra dica é guarde os documentos separados, não coloque tudo em uma bolsa só, assim se perder ou for roubado, você ainda fica com algum. Se você puder digitalizá-los e deixar em algum local que consiga acessar de outro computador/smartphone,  também pode te ajudar em alguma emergência. Se algo acontecer, você vai ter dor de cabeça para resolver a situação mas pelo menos vai ser menor.

6. Não reservar as atrações

Tem muitas atrações que devem ser reservadas antes, algumas até com meses de antecedência. Não sabe se as que estão no teu roteiro precisa? Então pesquise e confirme se precisa ou não. Sério isto pode acabar com a viagem, imagine você indo até Machu Picchu e não conseguir entrar no parque arqueológico porque o limite dos ingressos por dia está esgotado?  Nestes casos, vale mais marcar um horário com antecedência e ‘engessar’ seu roteiro do que perder horas de passeio em uma fila quilométrica ou mesmo encarar a indisponibilidade de ingressos. Eu mesmo tentei reservar o restaurante da Bela e a Fera na Disney com dois meses de antecedência e já era tarde de mais, não tinha mais nenhum horário. 

 

7. Não ter um casaco em mãos

Esta é uma daquelas dicas curinga, sempre leve um casaquinho na mala, “Ah mais eu vou para o Caribe”, não importa! Vai por mim leve. A questão é ninguém gosta de passar frio, o ar-condicionado de aeroportos, hotéis, restaurantes, aquela brisa do mar ou até uma mudança brusca no tempo pode te fazer se arrepender amargamente não ter levado um casaco. Eu já passei frio em um cruzeiro na Bahamas, os bares do cruzeiro eram simplesmente congelante.

8. Não ter lugar para dormir na primeira noite

É, isto pode parecer estranho, mas sim um grande numero de viajante se esquece de reservar hotel para a primeira noite ou opta por procurar na hora, eu sinceramente acho uma furada gigante. Na verdade, nesta situação quase consigo sentir o cheiro de prejuízo, porque a chance de um voo atrasar e você ter que procurar hotel tarde da noite em uma cidade estranha é grande, juntando ao fato que você vai estar cansado da viagem e como isto vai estar estampado na sua cara, para você acabar com o quarto mais caro do hotel, ou acabar aceitando o primeiro que vir para resolver logo a situação é grande. Fica a dica reserve pelo menos hotel para a primeira noite (se já tiver o roteiro bem definido eu já reservaria todos antes, mas isto é assunto para outra hora).

9. Esquecer-se de carregar a bateria da câmera, celular, tablet, notebook…

Quem nunca?  Hehe, que atire a primeira pedra que nunca ficou sem celular ou sem bateria na câmera em um lugar lindo.

A câmera é uma verdadeira pena,  já que você não consegue registrar como queria aquele momento/lugar, afinal foto de câmera geralmente nem se compara a celular, mas você ainda consegue aproveitar o lugar igual e registrar tudo nas suas memórias =).

Mas ficar sem celular, logo sem internet, sem maps, sem app de busca pode ser um verdadeiro problema.  

Então a dica é fique sempre atento ao nível da bateria da câmera e do celular, deixe a noite carregando, use uma bateria extra… enfim o importante é não lembrar apenas só na hora que precisar usar o dispositivo.

10. Levar uma mala gigante ou mais do que consegue carregar

Pessoal vamos lá, eu sei que da vontade de levar tudo em uma viagem, mas vamos com calma! Eu garanto que muitas vezes volta roupa sem ser usada. Então, uma regra geral mala com mais de 10 quilos da trabalho, cansa para levar, muitas vezes não cabe em lockers. Se a sua viagem envolver percursos de barco, mudança de hotéis, você sem dúvidas, vai preferir ter uma mala menor do que passar trabalho com uma gigante. Bom, e se você levar mais malas do que consegue carregar, melhor nem comentar porque você já começa a viagem com um problema.  A grande pergunta é será que vale a pena? Eu acho que não =)

 

 

 

 

 

 

Então pessoal, estas são as 10  furadas que eu considero mais simples de evitar, todas dependem exclusivamente do viajante e com um pouquinho de pesquisa de paciência podem ser tranquilamente evitados. =)

Espero que seja útil e vamos viajar porque não tem nada melhor neste mundo!! 😉

Gostou?! Curta e compartilhe viagens extraordinárias!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here