Sabe aquele que lugar que de tão maravilhoso você quer que todo mundo conheça? Então, é exatamente assim que eu me sinto com Colonia del Sacramento, eu me apaixonei pela cidade nos primeiros minutos que cheguei nela e lamentei na época poder ficar só algumas horas… agora na Expedição mesmo com o cronograma todo corrido devido as reservas no Chile, nós passamos 2 lindos dias nessa cidade que tanto me inspira.

Um pouco da História

A cidade que tem origem portuguesa e grande influência espanhola, foi fundada em 1680 por Manuel Lobo, nessa época o Uruguai ainda fazia parte do Brasil e tudo era colônia de Portugal. Durante os anos a cidade alternou entre o domínio português e espanhol. A influência dos dois países é visível na arquitetura, na cultura, nos lindos e artísticos azulejos, na decoração, na rua… enfim uma pequena cidade portuguesa/espanhola antiga as margens do Rio da Prata, assim é o centro histórico da cidade.

Aliás, Colonial del Sacramento tem uma posição estratégica privilegiada localizada as margens do Rio da Prata, já foi considerada uma espécie de chave para os rios, pois daquele ponto era possível controlar o acesso das embarcações aos rios Uruguai, Paraná e Paraguai.

Em 1995, Colonia del Sacramento recebeu o título de Patrimônio Cultural e Natural Mundial pela UNESCO.

Como Chegar

A cidade está a 180 km de Montevideo, o caminho até ela é pela Ruta 1, a estrada é pavimentada e estava em excelentes condições em março de 2018.

Nosso Roteiro

A primeira coisa que tem que se fazer ao chegar na charmosa cidade é reduzir o ritmo, aqui não é um lugar para se ter uma lista de lugares para visitar e dar check, é muito mais um lugar para relaxar, se perder pelas ruelas de pedras, entrar nas mais variadas e autênticas lojinhas e galerias de arte que surgem, algumas sem placas, outras você entra não sabendo exatamente onde é… assim é conhecer Colonia, uma surpresa em cada cantinho.

Tivemos a sorte, e considero o privilégio, de estacionar a Grandonna dentro do centro histórico, na frente da Plaza Mayor ou 25 de Mayo, a principal do centro. A vista da minha janela era o farol de Colonia, ahh que lindos lugares que a Grandonna nos possibilita dormir.

Se você gosta de história, a minha primeira dica é começar indo no Centro de Informação para pegar o mapa da cidade, que tem em detalhes o mapa do centro histórico com principais museus e atrações, assim você conhece os locais e já se inteira mais sobre eles. No mapa também tem um roteiro sugestivo enumerado para seguir, nós não seguimos ele a risca, lembra que o legal é se perder pelas ruelas?! Mas o mapa foi de grande ajuda para perceber onde não tínhamos conhecido ainda.

Colonia já foi uma cidade toda murada, ainda hoje se conserva o portão da cidadela e os bastiões da muralha, que são 4, o Bastión de San Miguel, Bastión de San Pedro, Bastión de Santa Rita e o Bastión del Carmen eles dão a volta em todo o bairro histórico. Quando se atravessa o portão da cidadela que antigamente era uma ponte elevadiça, se tem a impressão de volta ao tempo.

A primeira rua que fomos andar foi a famosa Calle de los Suspiro, ela é muito fofa, mas esqueça o romantismo quando passar por ela, pois o nome tem uma origem mórbida, diz a lenda que a rua se chama assim pois era a rua onde passava os escravos que iam ser mortos e ali eles davam seus últimos suspiros, tenso né. Hoje ela é uma rua charmosa, mantém ainda seu pavimento original de pedras, possui um charmoso restaurante e uma galeria de arte com quadros lindos.

Depois disso fomos atrás do azulejo de San Gabriel, a cidade é cheia deles e eu particularmente adoro procurar os azulejos dos anjos e santos. Ali onde fica o azulejo do San Gabriel é o Paso Gabriel local ideal para ver o pôr do sol.

Aliás, uma curiosidade é que Colonia del Sacramento está apenas a uma hora de distância de barco de Buenos Aires, a travessia é feita pelo Buquebus e muito turistas fazem isso. Uma forma de conhecer outro país com a comodidade do barco. Achei os preços salgados,  principalmente para levar a Grandonna, mas se estiver com pouco tempo de viagem é uma opção prática.

Depois de passear pelo Paseo de Gabriel fomos até o farol e a antiga ruína do convento de São Francisco que foi destruído pelo incêndio em 1704, onde em 1845 iniciou-se as obras no mesmo lugar do farol de Colonia. Sua construção acabou ficando parada devido a grande guerra, voltando em 1855 e foi finalizado em 1857, funciona até hoje e existe a visitação que custa 25 pesos uruguaios.

Do farol passeamos pelas ruelas, entramos nas galerias de arte, nos restaurantes charmosinhos… mas acabamos optando (com uma força do orçamento orçamento) por voltar a um lugar que tínhamos conhecido na outra viagem, que vendia o tradicional Choripan Otonello, um restaurante estilo barraquinha de lanches que vende desde 1953, o melhor lanche de rua que comemos no Uruguai.

A lanchonete fica na Avenida General Flores perto do Centro Histórico, nessa avenida há  várias opções de restaurante e lojas além de mercados, fruteiras e também as empresas de aluguel de carros e carrinhos de golfe, acho que deve ser divertido conhecer a cidade com o carrinho de golfe, apesar de ser tudo muito próximo.

Ah não deixe de passear pela avenida General Flores para contemplar as lindas árvores que fazem contraste com a estrada de pedra.

Com os nossos lanches em mãos, resolvemos fazer um piquenique na Playa Mayor quase em frente a Grandonna, com vinho, alfajor e choripan fizemos um agradável e divertido piquenique.

Depois fomos conhecer o restante do centro histórico. Colonia tem vários museus, um dos mais interessantes na minha opinião é o Museu do Azulejo, que expõe uma coleção de azulejos franceses e espanhóis, além dos primeiros feitos no Uruguai, a cidade é repleta dele em pontos estratégicos. Além deste, tem o Museu Municipal, o primeiro de Colonia que está em um edifício de 1731 que foi restaurado pelos espanhóis em 1793 e exibe várias peças da época colonial.

Passear pela Rambla de Colonia é sempre um bom passeio, assim como sentar nas muretas clássicas brancas para ver o por do sol. Que lindo espetáculo!

Foram dois dias assim, aproveitando a cidade no seu ritmo, tirando milhões de fotinhos, gravando na cidade mais charmosa do Uruguai.

Planeje sua Viagem

Hospedagem

Confira as melhores ofertas e opções de hospedagem em Colonia del Sacramento e Montevideo com o Booking.com

Seguro de Saúde

Para fazer uma viagem tranquila e segura, lembre-se de adquirir o seu seguro de viagem na SegurosPromo, que compara a cotação de algumas das principais operadoras de seguros do mercado, sempre com os melhores preços.

 

Concorda com a gente que esta é a cidade mais romântica do Uruguai?

Beijos,

Ju & Marcel

 

 

 

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here