A criação, alteração e manutenção dos roteiros foi uma tarefa que esteve presente desde o início do planejamento da expedição. Durante este tempo experimentamos uma série de ferramentas, algumas mais complexas e profissionais outras extremamente simples que de uma forma ou outra não supriam a nossa necessidade. Acabamos usando uma das mais simples e prática, o Google Maps, ou mais especificamente, Google My Maps.

Criamos mapas no My Maps com cada trecho do roteiro. Nele adicionamos os pontos de interesse chave (onde pretendemos visitar e/ou passar o dia). A facilidade de uso desta ferramenta e volume de conteúdo foram uns dos pontos dos decisivos na nossa escolha. Entretanto, ela possui algumas limitações, como quantidade de pontos por mapa e camadas. Aliás, o recurso de camadas é muito interessante, com ele você pode criar conjuntos de pontos em cada camada, por exemplo, atrações, onde dormir, restaurantes, enfim como você achar melhor.

Mas e agora, como vamos usar? Bom, a Google facilita bastante o acesso dos seus mapas nos dispositivos móveis através de seus aplicativos, porém precisamos de algo “mais off-line”. Você pode estar pensando, mas o Google Maps tem como usar off-line, porque precisaria de outro? Bom, já tivemos problemas com o recurso off-line do Google Maps pois precisava de internet para traçar a rota até o ponto. Além disso também queremos deixar os pontos disponíveis em outro local por comodidade e segurança. Felizmente encontramos uma solução bem prática.

Na Grandonna já usavamos o Maps.Me como GPS, ele permite baixar mapas e usar livremente off-line, muito bom e gratuito. Mas então, vamos ao que interessa, como fazer para colocar os pontos do Google Maps no Maps.me?

Importando pontos de interesses criados no Google My Maps
Importando pontos de interesses criados no Google My Maps

Acontece que a Google permite exportar os pontos de um mapa, inclusive com algumas opções bem interessantes, como escolher quais camadas ou o mapa inteiro. Existem algumas formas de fazer isso, a mais fácil no nosso caso foi uma delas é salvar o arquivo num cartão de memória e carregar no dispositivo, outra forma é enviar via e-mail. Vamos ao passo a passo.

  1. Salvar arquivo do Google My Maps
    • Clique nos três pontos
    • Escolha: Exportar para KML/KMZ
    • Configure as opções e clique Download
  2. Salvar em um Cartão de Memória (SDCard)
    • Copie o arquivo baixado
    • Cole no cartão de memória
  3. Abrir na central multimídia
    • Coloque o cartão de memória na central multimídia do carro
    • Vá para o Gerenciador de Arquivos
    • Abra o arquivo (o Android pode perguntar com qual app quer abrir, selecione Maps.Me)
    • Pronto, o Maps.Me irá carregar o arquivo e salvar os pontos
Maps.Me carregando pontos de Interesse
Maps.Me carregando pontos de Interesse

Os pontos ficam separados por camadas, então podemos selecionar somente os que interessam no momento.

Você utiliza uma solução diferente, compartilhe com a gente nos comentários. 😉

 

Nos encontramos pelo mundo!

Ju e Marcel

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here