Resolvemos fazer o trekking Glaciar Martial no início da tarde, íamos fazer no início do dia, mas como o Ushuaia tem um tempo imprevisível, amanheceu chovendo, a previsão era chuva o dia todo e no final da manhã o sol estava lindo, vai entender?!

E como não dá para desperdiçar um belo dia de sol nesse lugar incrível, fomos em direção ao Centro da Montanha Glaciar Martial que fica a 7km do centro do Ushuaia. Fomos até lá com a Grandonna em uma estrada cinematográfica, como é fantástica as cores do outono aqui na Terra do Fogo!

Estrada até o base do Glaciar Martial

O Centro da Montanha Glacial Martial é um lugar lindo, só aumentou a expectativa para o trekking. No centro tem uma charmosa Casa de Chá com várias opções de chá e uma lojinha com vários souvenires fofos. As passarelas brancas constratam com a casa vermelha e as várias cores de árvore, se não tivéssemos uma trilha pela frente com certeza ficaríamos algumas horas ali apreciando, filmando e fazendo fotografias.

O passeio até o Glaciar Martial é realizado por várias agências mas também pode ser feito sozinho, nós optamos por fazer de forma independente principalmente pelo orçamento e também porque como gravamos e fotografamos temos nosso próprio ritmo. No geral achamos a trilha super tranquila para fazer, talvez no inverno como fica tudo nevado seja prudente vir com uma agência e com equipamentos mais propícios por questão de segurança .

O Centro da Montanha é uma estação de esqui no inverno, pelo que pesquisamos ela é mais voltada para iniciantes. Tem um teleférico que leva até uma parte da trilha, pelo que conversei com o guarda do parque ele fica ativo somente na temporada de esqui. Quando fomos ele estava desativado.

Para quem vai de forma independente como nós, a primeira coisa a se fazer antes de iniciar o trekking é ir até o centro de informação ao turista e receber a explicação do guarda, assim como o mapa.  Apesar de ser uma subida ao Glacial tem alguns caminhos diferentes que podem ser seguidos e é comum alguns podem estares fechados por uma situação climatica. Toda essas informações você consegue facilmente no central de informações ao turista, além disso, lá também possui banheiros gratuitos.

Início do Trekking!

O trekking até o Glaciar pode ser divido em 3 partes, nós começamos a trilha por meio de um bosque costeando um rio super fotogênico que nos gerou lindas fotos, além de vários momentos para contemplar a paisagem. Esta etapa é uma subida e paramos uma vez para tomar água e relaxar.

Na segunda parte entramos no espaço onde é a chegada do teleférico e o inicio da descida da pista de esqui (desce em direção ao inicio do parque, ou seja, na direção do caminho que percorremos até ali), como não tinha neve parecia apenas uma estrada larga de pedras, a partir dali a trilha é tranquila e por vários momentos até esquecemos que estávamos em um trekking .

Ao final da 2 etapa e início da terceira tem um espaço com bancos e uma placa indicando que estávamos praticamente aos pés do glaciar, a vista dali já era deslumbrante, mas estávamos determinados a ir até o final, ou pelo menos até onde conseguirmos com os nossos equipamentos. Na placa informava que a trilha até o Glaciar continuava e que aquele trecho é considerado difícil e levava aproximadamente mais 60 minutos. E lá fomos nós.

Nessa etapa já começamos a passar por trechos que tinham neve acumulada, como nunca tínhamos visto neve foi uma emoção, eu estava com muitas expectativas que lá encima talvez nevasse um pouquinho. Essa terceira fase é realmente a mais difícil, proporcional a sua beleza também, passamos por lagos com camadas de gelo, lindo! A cada metro que subíamos mais deslumbrante ficava a vista para a cidade do Ushuaia, como uma janela que ia se abrindo, quanto mais alto mais visão e isso só nos incentivava mais.

Os metros finais do trekking são ao lado do precipício, uma parte neve na outra um estreito caminho para passar, tudo isso nos deixava ainda mais animados. Uma dica, bastões de caminhadas não são extremamente necessários mas ajudam muito nesta fase, eles nos salvaram de alguns tombos. A subida é de 45 graus.

Chegar ao ponto mais alto da trilha é sempre um sentimento único, é uma emoção misturada com orgulho de estar lá envolta de muita gratidão por tamanho privilégio. Podemos visitar milhões de cidades mas acredito que nada nos deslumbrará mais do que as obras da natureza, de um lado o Glacial com a sua montanha imponente do outro a vista mais perfeita da cidade do Ushuaia moldurada pelas suas montanhas.

Fomos uma pouco mais do que a trilha para brincar na neve, fotografar, sorrir à toa hehe a 1º vez na neve é inesquecível. Já era quase 17 horas e estava na hora de voltar mais quem disse que queríamos?! Correndo o risco de descermos uma parte no escuro ficamos mais um pouco e ainda bem, porque começou uma chuva fininha que logo se transformou em flocos de neve! Pensa em uma alegria!! A tão sonhada neve chegou e foi realmente a cereja do bolo do nosso dia incrível.

Dicas Práticas para o trekking:

  • Não subestime o frio e o vento da montanha, na cidade pode estar agradável mas o clima lá em cima é outra e muda muito rápido;
  • Se estiver levando equipamentos como câmeras, celulares e afins leve capas para protege-los da chuva, pode chover a qualquer momento;
  • Acredito que pode ser tranquilo fazer a trilha de tênis, quando não estiver nevando lógico, mas botas de trekking ainda são as mais indicadas;
  • Leve pouco peso, a trilha é rápida e não exige muita bagagem;
  • Leve algo para comer para dar energia para volta hehe;
  • Leve uma garrafa de água e vá enchendo no caminho, água não falta;
  • Nós fizemos no outono, eu não abriria mão de luvas e gorro;
  • Calcule o tempo de volta para não voltar no escuro, isso serve para qualquer trekking 😉
  • Tome cuidado com a neve, embaixo dela pode ter gelo e é extremamente escorregadio,  vimos algumas pessoas caindo feio;
  • Siga a trilha, não tente fazer caminhos diferentes.

E aí já foi no Glaciar Martial? Compartilhe com a gente o que encontrou por lá!

Planeje sua Viagem

Hospedagem

Confira as melhores ofertas e opções de hospedagem no Ushuaia com o Booking.com 

Seguro de Saúde

Para fazer uma viagem tranquila e segura, lembre-se de adquirir o seu seguro de viagem na SegurosPromo, que compara a cotação de algumas das principais operadoras de seguros do mercado, sempre com os melhores preços.

 

Abraços e boas viagens!

Ju & Marcel

 

 

 

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here