A primeira vez que tínhamos ido em Punta del Este era inverno, a cidade estava quase vazia e infelizmente ficamos poucas horas no local já que estávamos com uma excursão e Punta seria apenas uma passagem do roteiro. Sim, estava tudo errado hehe, mas para uma coisa serviu, ficamos com vontade de voltar, de preferência no verão e com tempo para desfrutar a cidade.

Nossa Chegada a Punta del Este

Pois bem, chegamos na cidade animados em uma quinta-feira à noite, entramos por uma via que acredito não ser a mais utilizada por turistas e me assustei um pouco com a região, só um pouco. Mas foi só entrar em Punta que a coisa mudou, seus grandes prédios e ares cosmopolitan nos deram boas-vindas mesmo àquela hora da noite.

Nossa Hospedagem

Fomos direto para o estacionamento que fica em frente ao principal cartão postal da cidade Los Dedos ou La Mano, o estacionamento é gratuito para pernoitar, tinha guardas e ficava no coração da cidade, não podíamos pedir mais nada, era a nossa casa de frente para o mar e com vista para Los Dedos. A Grandonna ficou ali pelos próximos 3 dias e se não tivéssemos compromisso no Chile iria ficar por mais uma semana no mínimo.

Nosso Roteiro

1º Dia:

Acordamos cedinho e fomos caminhar na Rambla e conhecer os arredores, que programa maravilhoso, a Rambla de Punta del Este é linda assim como a vista, fomos até o Santuário de La Virgen e depois voltamos pelo centro. Ah, um detalhe como a cidade “dorme tarde” as coisas abrem mais tarde, tipo lá pelas 09:30am ou mais tarde.

Uma dica, o melhor horário para tirar aquela fotinho no Los Dedos sem mais ninguém para atrapalhar é antes das 08:30, pegamos os Los Dedos só para nós e pudemos tirar fotos tranquilamente, e quando estávamos saindo já estava chegando 2 ônibus lotados de turistas.

Depois de tomar aquele café da manhã decidimos aproveitar a Praia Brava, onde fica Los Dedos, uma praia com ondas fortes e que estava com águas clarinhas, o dia estava propício para praia e o movimento nela era grande, curtimos a praia até as 13:00 horas, ah coisa boa.

Na Praia Brava eu vi duas escolinhas de surf que atendiam adultos e crianças, fiquei com muita vontade, mas o orçamento não permitiu hehe. Fica a dica se vier com tempo! 😉

Depois do almoço, no meio da tarde, foi hora de sair para conhecer outra parte da Península, e fomos andando pela Rambla mais uma vez, fizemos este dia tudo caminhando e foi super tranquilo, além de gostoso.

No outro lado conhecemos o início da Praia Mansa, que na verdade é o Rio da Prata que mais parece um mar pela sua imensidão. Uma prainha sem ondas, com menos vento e uma faixa de areia menor. Eu ainda prefiro a Praia Brava, mas acredito que com criança a praia Mansa é uma ótima pedida.

Saindo da praia mansa, fomos desfrutar da linda Rambla indo em direção ao Porto de Punta del Este, nesse trecho a Rambla que é linda fica divina e ganhou um selinho nosso de “Rambla mais linda do Uruguai”. As palmeiras, o gramadinho na frente, tudo muito cuidado, sem falar na vista para a bahia que convida para uma pausa e foi exatamente que fizemos, estendemos a canga e tivemos ótimos momentos contemplando tudo.

Depois disso, continuamos em direção ao Porto, entramos nele, vimos os luxuosos iates e os fabulosos veleiros, já falei que sonho em viajar em veleiro?! Hehe quem sabe um dia?

Quando estávamos lá vendo os iates avistamos um Lobo Marinho e foi aquela festa, amo ver animais assim na natureza, foi muito legal ver alguns deles tão de pertinho, os danadinhos moram bem hein.

Quando achamos que o Porto tinha acabado, um cara passou e disse para continuarmos andando que tinha mais coisa, andamos até avistar um barzinho muito legal e uma ponte, mas o que nos aguardava era uma baia linda, já era final da tarde e as águas já estavam com aquele brilho dourado, a Rambla naquele ponto fazia a volta da península e proporcionava um verdadeiro espetáculo, andamos de mãos dados curtindo o lindo final de tarde, até encontramos uma estrutura de pedra que entrava no mar e deixava a paisagem ainda mais legal, local incrível para uma fotinho e para sentar e agora sim ver o pôr do sol.

A noite em Punta del Este é animada, tem várias opções, entre shows, cassinos, barzinhos badalados e restaurantes finos, nada disso combina muito com a nossa viagem low cost, mas mesmo assim adoramos a noite em Punta, a rua principal do centro é a Gorlero, é cheia de cores e movimentos, várias coisas para ver, adoramos passear por lá.

Dia 2º

No segundo dia foi dia de novamente aproveitar a praia Brava, conhecer o farol de Punta del Este que é lindo, aliás o Uruguai tem faróis lindíssimos, e também aproveitamos para ir até Punta Ballena na Casapueblo e deslumbrar com mais um pôr do sol cinematográfico.

Foi na ponta de Punta del este onde ocorre o encontro do Rio da Prata e do oceano Atlântico que resolvemos colar a primeira bandeira na Grandonna, a ideia é colarmos uma bandeira em todo os países que passarmos, sempre em um momento em que estamos muito felizes com o país, não poderíamos ter escolhido melhor lugar no Uruguai.

A noite fomos conhecer a tradicional Feira de Artesanato de produtos de artesões locais, ela fica na Plaza Artigas no centro de Punta del Este, e nos deparemos com lindos quadros, joias e artesanatos no geral. O que eu mais gostei foi os quadros, pena que não cabem na Grandonna hehe.

Fomos embora de Punta del Este com o coração partido, certo que voltaremos novamente para aproveitar mais!

Tem vídeo no canal sobre os nossos dias em Punta del Este com dicas, confira 😉

Gosta de Punta del Este como nós? Compartilha com a gente!

Organize sua viagem com a gente, além de ter descontos exclusivos ainda ajuda o Blog 😉

  • Ganhe nosso desconto em seguro de viagens, acesse aqui!
  • Encontre as passagens mais baratas aqui!
  • Reserve a melhor hospedagem com melhor preço aqui!

Abraços.

Ju & Marcel

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here