Punta del Diablo

Cinematográfico e Good Vibes, não sei qual termo descreve melhor este local, talvez ela seja exatamente a mistura dos dois. Cinematográfico por suas belezas naturais e cultura, possui uma praia de águas verdinhas, os barquinhos na areia, o canto que possui grandes pedras, ideal para ver o pôr do sol, pescar ou simplesmente contemplar. Good Vibes porque em nenhum outro lugar, talvez Cabo Polônio chegue perto, eu presenciei pessoas tão de boa, convivendo tão bem com os diferentes tipos de turistas e cachorros, parecia tudo em sintonia. O lugar é roots, seus barzinhos são nesse estilo, mas conservam o charme da autenticidade. A nossa experiência em Punta del Diablo me deixou com os olhos lacrimejando, eu já explico o porquê. Chegamos no início da tarde, avistamos casinhas coloridas, vários hostels, carros antigos, muitos cachorros e visitantes. Para chegar à praia, pegamos uma trilha pequena que passava na lateral de algumas casas, quando chegamos lá avistamos alguns barzinhos na beira do mar, vendendo principalmente drinks como capeta e sangria… e várias peixarias, aquele peixe fresquinho de vila de pescador, não arriscamos fazer peixe ainda na Grandonna, com exceção de sardinhas enlatadas :D, mas naquele momento pensamos seriamente hehe. Ficamos na praia, curtimos e depois de um tempo fomos para as pedras, muito legal lá, voamos com o drone e contemplamos o final da tarde, depois sentamos em um tronco na praia principal e ali vimos o pôr do sol rosado, que espetáculo!!

À noite, fomos no feirinha de artesanato local e depois em algumas lojinhas, conhecemos também o mercado e a padaria, quando se está fora tudo isso é legal de fazer, pois há muita cultura local e também queríamos dar uma olhada nos preços.

A noite caiu e exatamente como a fama da cidade, Punta del Diablo se transformou, os barzinhos antes fechados abriram, hippies chegavam com suas artes, e a rua ganhou movimento e cores.

Durante toda a nossa permanência em Punta del Diablo fomos adotados por um cachorro, ele ia onde nós íamos, sempre feliz do nosso lado! Punta tem muitos cachorros, alguns vinham até a gente, mas só o “nosso” ficava. Quando fomos tentar subir o vídeo em um barzinho, ele se deitou do nosso lado e ali ficou, eu me conheço o suficiente para saber que já estava me apegando… passeamos pelo comércio e ele parava na porta e como se  estivesse esperado, quando fomos embora ele veio com a gente até o carro naquela hora meu coração apertou. Não podemos ter um cachorro na Grandonna, a viagem estava apenas começando e apesar do dog já ter nos ganhado, sabíamos que não daria, eu tentei afastar ele e nada, tentei fazer ele ficar com outra galera e nada, ele continuava colado na gente, tínhamos que ir embora e quando entrei na Grandonna ele chorou alto e eu também. “Quem disse que existe razão nas coisas feitas pelo coração?” Vendo a minha tristeza, o Marcel falou: Ju ele mora na beira do mar em um lugar incrível, ele está bem. Sim, ele mora em um lugar incrível, concordei. Punta del Diablo ganhou meu coração. E vamos voltar, quem sabe encontramos ele novamente.

Informações Práticas:

  • A praia tem muitas opções de Hostels;
  • Eu reservaria mais que um dia para ficar lá;
  • Na estrada até chegar ao litoral tem vários mercados;
  • Tem peixe fresquinho nas peixarias em frente à praia;
  • O lugar é roots não vá esperando luxo;
  • Os cachorros são habitantes da praia e da vila, então lembre-se que a visita é você, respeite o espaço deles;
  • Fique para conhecer a noite em Punta del Diablo, a praia se transforma;
  • Desacelere Punta del Diablo pede isso!

Você já conheceu Punta del Diablo? Como foi a sua experiência? Algo a acrescentar ou alguma dúvida, deixe nos comentários 😉

  • Ganhe nosso desconto em seguro de viagens, clique aqui!
  • Encontre as passagens mais baratas aqui!
  • Reserve a melhor hospedagem com melhor preço aqui!

Abraços. Juliane & Marcel

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here